Falando sobre Doutor Estranho

Doutor Estranho sempre foi encarado como o personagem que poderia assumir um novo rumo do Universo Cinematográfico da Marvel, trazendo um tom mais escuro, uma seriedade e um terror místico para a franquia. Mas é isso tudo que os fãs vão encontrar nos cinemas? 

Para quem não conhece, Doutor Stephen Strange é um neurocirurgião bem sucedido que depois de um acidente de carro vê o fim de sua carreira bem próximo, ele é obrigado a procurar métodos para se curar, inclusive buscar uma ajuda no Nepal que vai virar sua vida de cabeça pra baixo (literalmente), conhecendo um mundo místico de energias cósmicas, dimensões alternativas e magos empenhados em destruir a humanidade.

Doutor Estranho realmente nos mostra um outro lado da Marvel, esse lado místico que ainda não havia sido mostrado em nenhum filme, mas que ainda continua na mesmice do estúdio.

O visual do filme é absolutamente incrível. Posso garantir que o público vai fazer uma viagem alucinante através de múltiplas realidades, o que nunca foi feito num filme do gênero. Alguns comparam algumas cenas com Inception, mas vai muito além disso.

ds-psyc

Isso se estende para as cenas de ação, há algumas batalhas incrivelmente “excitantes”, com os personagens dobrando a realidade, criando portais e alterando tempo.

A história de origem do personagem é muito bem contada, mas de maneira rápida. Pra quem espera um filme sério da Marvel, ainda não é dessa vez, o filme contém diversas piadas, algumas desnecessárias e outras ótimas que se encaixam perfeitamente no filme. 

OS PERSONAGENS 

maxresdefault

Benedict Cumberbatch é ótimo, retratando um Stephen Strange como uma pessoa brilhante, arrogante, mas nobre que vê o erro de seus caminhos e que usa seu poder para tentar tornar o mundo um lugar melhor. No começo do longa percebe-se a semelhança com Tony Stark e um toque com Sherlock, mas depois Benedict faz o suficiente para fazer o personagem ser único.

mordo

Chiwetel Ejiofor, faz um nobre Mordo, ver como o personagem se envolve com Stephen Strange e a transformação dele até o momento final (quando eu falo final é que é no final mesmo) do filme, mostra que ele foi bem construído e tem bastante futuro nas sequências.

strange6

Tilda Swinton é uma ótima Anciã, deixando as controvérsias de lado, ela traz uma presença única na tela sendo serena e tão poderosa. 

doctor-strange-movie-benedict-wong

Wong (somente Wong) tem uma dinâmica divertida com o Stephen Strange, espero que essa mesma dinâmica apareça em futuras sequências.

null

Rachel McAdams tem uma ótima química com Cumberbatch, a médica Christine Palmer é muito simpática, as reações da personagem com as coisas que ocorrem ao seu redor são divertidas. 

doutorestranho18agosto-15.jpg

Mads Mikkeslson como Kaecilius não é diferente de qualquer outro vilão dos filmes da Marvel, está no mesmo nível do Ronan (Guardiões da Galáxia) e do Malekith (Thor 2). O personagem mesmo é apenas um grande subordinado de um outro vilão maior.

Respondendo a pergunta lá do começo: Não! Não é dessa vez que vamos encontrar um filme sem a fórmula Marvel. Doutor Estranho apesar de nos apresentar uma outra premissa, o filme não é o “mais do mesmo”. Mas ainda é um filme que vale a pena ver no cinema (vá ver em 3D), ele é divertido, com um visual bonito e um ótimo elenco. Será interessante ver o Cumberbatch e o universo místico nos próximos filmes da Marvel.

OBS: O filme tem duas cenas “pós-créditos” (uma no meio e outra após todos os créditos)

Nota: 4,2/5