Falando sobre o DCEU

Homem de Aço foi um filme que tinha alguns objetivos fundamentais para a Warner Bros. e a DC. Para começar, eles queriam trazer o maior super-herói de todos de volta para as telonas, depois da tentativa frustrada em 2006. Segundo, em 2013, época em que o filme foi lançado, o cinema estava enlouquecido pela ideia de ‘filmes com universo compartilhado’, graças ao que a Marvel fez em 2008.

A ideia era criar um novo e moderno padrão para a origem do Superman, assim como Batman Begins fez para o cavaleiro da noite. Mas além disso, eles queriam começar o seu próprio universo compartilhado. Três anos depois, o tão controverso e ainda lembrado e comentado, Batman vs Superman – A Origem da Justiça foi lançado, introduzindo assim personagens como Mulher Maravilha, Flash, Ciborgue e Aquaman num universo estabelecido em Homem de Aço.

O plano da Warner/DC era: em 2016, após BvS, veríamos em Esquadrão Suicida como o mundo ficou depois que o Superman foi morto pelo Apocalipse. 2017 iríamos conhecer a história de Diana Prince, no filme solo da heroína e logo após a primeira parte de Liga da Justiça estrearia como uma sequência direta de BvS. 2018 teríamos os filmes solo do Flash, Batman e Aquaman. 2019, Shazam e a segunda parte de Liga da Justiça e 2020, Ciborgue e Tropa dos Lanternas Verdes.

Future-of-DC-Justice-League-Wallpaper-2017-Movie-800x450

Em meio a tantos rumores, altos e baixos, gravações e confirmações de filmes, foi em julho deste ano (2018, caso esteja lendo esse texto no presente), na San Diego Comic Con, que a Warner Bros e a DC Comics lançaram a nova marca da sua franquia cinematográfica, a Worlds of DC (Mundos da DC, em tradução livre). Esse selo não foi proposital, na verdade era um indicativo de como eles estavam planejando em lidar com as coisas de agora em diante.

WhatsApp Image 2018-08-21 at 20.06.44

Ela se comunica de duas formas:

  • Fala para o público que não existe um mundo singular para os seus personagens favoritos, mas sim vários deles.
  • E planta a semente no cérebro coletivo da cultura pop de que haverá histórias independentes que não têm nada a ver com um universo compartilhado – como, por exemplo, o filme do Coringa estrelado por Joaquin Phoenix.

Isso significa que nós não veremos um crossover de personagens tão cedo nos próximos filmes, mas não podemos descartar a possibilidade de que isso ainda possa acontecer num futuro. Dito isso, a nova abordagem é um retorno à mentalidade por trás do filme que começou tudo: Homem de Aço.

Espera-se que os futuros filmes da DC adotem a mentalidade por trás da primeira aparição de Henry Cavill como Superman. Eles existirão por conta própria, mas deixarão uma porta dos fundos aberta, permitindo que outros personagens da DC existam, em outro lugar.

Por falar em próximos filmes da DC, aqui vai uma lista com as próximas estreias e filmes que estão em produção:

Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas: a animação baseada no desenho de sucesso do Cartoon Network estreia dia 30 de agosto de 2018, não está completamente ligada aos filmes do DCEU, mas a animação brinca com isso. 

Aquaman: o filme que traz de volta Jason Momoa (Game of Thrones), no papel de Arthur Curry e Amber Heard (A Garota Dinamarquesa) no papel de Mera, chega aos cinemas brasileiros dia 13 de dezembro de 2018, e contará a história de origem do herói.

Shazam: o filme que traz Zachary Levi (Chuck) no papel principal, irá apostar na inocência de Billy Batson ao receber poderes de deuses. O longa chega aos cinemas dia 05 de abril de 2019.

Mulher-Maravilha 1984: com o retorno de Patty Jenkins à direção e de Gal Gadot ao papel de Diana, a sequência do grande fenômeno de 2017 está sendo gravado e chega aos cinemas dia 01 de novembro de 2019. A vilã será a Cheetah, interpretada por Kristen Wiig (Missão Madrinha de Casamento).

WhatsApp Image 2018-08-21 at 20.06.46

Joker (estrelado por Joaquin Phoenix): o filme que conta com Robert de Niro (Taxi Driver), Marc Maron (Glow), Frances Conroy (American Horror Story) e Zazie Beetz (Deadpool 2) no elenco, tem sua produção marcada para começar em setembro deste ano e estreia para 04 de outubro de 2019. A história será de origem do vilão e deverá ser uma mistura de “O Rei da Comédia” (1983) e “A Piada Mortal” (sem a participação de Batgirl).

Aves de Rapina: com filmagens marcadas para serem iniciadas na segunda semana de janeiro de 2019, o primeiro filme 100% feminino da DC contará com o retorno de Margot Robbie no papel de Arlequina. A diretora é Cathy Yan (Dead Pigs) e o roteiro fica a cargo de Christina Hodson (Bumblebee).

The Flash: após dois diretores abandonarem o projeto por diferenças criativas, as filmagens do filme solo do velocista escarlate estão marcadas para acontecer na primeira semana de fevereiro de 2019. O cast já conta com Ezra Miller como Barry Allen, Kiersey Clemons como Iris West e Billy Crudup como Henry Allen. Ainda não se sabe se a saga ‘Flashpoint’ será adaptada. Os diretores são John Francis Daley e Jonathan Goldstein (A Noite do Jogo). O filme deve estrear em 2020.

Wallpaper-The-Flash-Justice-League-HD-2017-Movie-800x450

The Batman: segundo Matt Reeves (Planeta dos Macacos), o filme começará suas filmagens entre março e julho de 2019 e que o longa não será uma história de origem e mostrará o lado detetive do Homem-Morcego. O diretor também planeja uma trilogia em três períodos diferentes: Batman jovem, no começo de carreira como vigilante. Batman um pouco mais maduro já acompanhado do Robin, e um terceiro filme mostrando Batman nos dias de hoje. Ben Affleck não foi descartado do papel e deve ser um dos produtores do primeiro filme. O filme deve estrear em 2020.

Adão Negro: Gravações devem começar apenas no final de 2019 e será estrelado por Dwayne “The Rock” Johnson. Possível estreia para 2020.

Batgirl: após a desistência de Joss Whedon do cargo de diretor, o filme procura uma mulher para assumir o cargo e o roteiro está sendo escrito pela Christina Hodson, a mesma que escreveu o de ‘Aves de Rapina’.

Falcão Negro:  Steven Spielberg irá produzir e dirigir esse filme ambientado na Segunda Guerra Mundial.

blackhawk_dc.0

Esquadrão Suicida 2: Gavin O’Connor (O Contador) escreveu o roteiro e irá dirigir o filme. Especula-se que o plot principal do filme será o Amazo Virus.

Ciborgue: as gravações estão previstas para iniciar em 2020. Ray Fisher voltará para o papel e o filme deverá mostrar mais da sua origem e sua relação familiar.

Tropa dos Lanternas Verdes: Hal Jordan e John Stewart são oficializados como os protagonistas do filme, que terá roteiro escrito por Geoff Johns e será produzido pela Mad Ghost.

Asa Noturna: o diretor será Chris McKay (LEGO Batman).

Novos Deuses: com Ava Duvernay na direção, o filme deve ser uma história sobre Big Barda e contará com as Fúrias como vilãs. Ainda sem previsão, o filme ainda deve mostrar personagens como Darkseid, Orion, Vovó Bondade e Senhor Milagre

new-gods-pics-800x450.jpg

Supergirl: recentemente anunciado, o filme ainda está em fase de planejamentos, mas a Warner já está a procura de uma diretora.

Para mais informações fiquem ligados no nosso twitter e no nosso instagram.


Gabriel Senra