PN Entrevista: Load e o Rap em Quadrinhos

Com um canal no Youtube com mais de 100 mil inscritos em uma trajetória dedicada a levar conhecimento sobre quadrinhos e rap ao seu público, Gil Santos – mais conhecido como Load – embarcou em um projeto ao lado de Wagner Loud, o Rap em Quadrinhos, para criar capas de revista com artistas do rap nacional vestidos como os heróis da Marvel e DC Comics. E o Load conversou com a gente sobre um pouco da sua história de vida, seu contato com a música e os quadrinhos e seu projeto que vem chamando a atenção do público em geral.

PN – Load conta pra gente sobre seu primeiro contato com os quadrinhos e com o Rap?
Load“Bom, comecei a ler quadrinhos com 10 anos de idade quando um vizinho me deu uma caixa repleta de quadrinhos. Dentro dela tinha diversos, mas pirei nas do Homem-Aranha. O Rap sempre esteve em casa, por morar em comunidade é normal ouvir Racionais desde novo. Meu pai ouvia muito Rap, então facilmente fui influenciado”.
PN – Como veio a ideia de criar um canal para falar de quadrinhos e cultura pop?
Load – “Bom, eu nunca tive amigos pra falar de quadrinhos. Onde eu moro era difícil ter pessoas que curtissem a mesma coisa. Tinha um amigo só que lia comigo e íamos em sebos, até que ele acabou indo preso por um tempo e como fiquei sem amigo resolvi montar o canal pra falar das minhas leituras e fazer amigos. Não esperava tanta repercussão assim”.
PN – Você recebeu o reconhecimento de 100 mil inscritos do YouTube. Como foi a experiência?
Load – “Foi algo louco mano, nunca achei que chegaria a tanto assim. Aliás falo de algo que é nicho né? E tipo, a galera que acompanha o canal apoia muito ele e isso trás bons frutos, só tenho a agradecer a cada um deles, sem eles eu nem estaria onde estou hoje. Creio que por começar um canal sem pensar em lucros e sucesso valorizo mais as amizades que faço nesse caminho aí. Aliás, o Youtube pode acabar amanhã e o que vai me ficar é só as amizades mesmo!”
PN – Fala um pouco da relação com os inscritos no canal e nas redes sociais. Quais os altos e baixos?
Load – “Até agora não tive muita coisa negativa não. Quando o canal foi ganhando mais inscritos, uma galera comentava coisas racistas e tal, mas o numero sempre foi bem pequeno e não me afetava muito por já saber lidar com esses tipos de pessoas. Sou um cara que veio do fundo da zona leste, saca? Não são comentários negativos ou insultos que vai fazer eu parar. Aliás, a galera que me acompanha interage muito bem, críticas construtivas eu sempre escuto e procuro melhorar quando a pessoa tá disposta a me ajudar! Tenho os melhores inscritos!”
PN – O projeto Rap em Quadrinhos é uma mistura inesperada, mas bem vinda. Como você e o Loud começaram esse projeto?
Load – “Conheci o Loud em 2016 na CCXP . Depois fui na exposição dele sobre Punk Rock em Quadrinhos e conversamos em fazer algo na mesma vibe com o Rap nacional. Aí passou uns 6 meses, alinhamos as ideias de como seria e fizemos o projeto!”
PN – Quando vocês desenham o artista de rap como um herói, quais características de ambos vocês buscam para combinar e fazer a capa?
Load – “Eu escolho o Mc junto com o Loud e nisso eu ligo a personalidade daquele Mc ao do personagem e vou conversando com o Loud até chegarmos em um ideal. Às vezes nem é a personalidade. É o efeito que tal personagem teve no mercado dos quadrinhos e o artista no da Música. O Loud manda muito no desenho, adoro o traço dele e o estilo que ele tem. Acho que casou perfeitamente!”
PN – Quais são os feedbacks que os artistas passam para vocês e qual foi o melhor ou mais especial?
Load – “Alguns artistas são amigos né, como Emicida, Ogi e outros homenageados, então eles são os primeiro a receber algumas artes e dizer o que acharam. Até agora todos gostaram e repostaram em suas páginas e redes. Isso é algo que nos deixa bem felizes porque curtimos o trabalho deles e ver que eles adoraram é algo que nem consigo explicar!”
PN – Quais os próximos artistas e heróis a figurarem nesse projeto?
Load – “O projeto terá no total de 20 artistas rolando em exposições onde a galera tbm poderá comprar os prints pra levar pra casa. Ainda não podemos revelar quais são os outros, mas pode ser que venha um Vol. 2 com mais artistas \o/”
PN – Qual é o futuro do Rap em Quadrinhos?

Load – “Bom, vamos fazer exposições, eventos e divulgar o máximo que pudermos as duas mídias. A ideia é unir esses públicos ou formar leitores e ouvintes novos pro mercado e creio que estamos conseguindo. Se liga aí que logo avisaremos sobre mais novidades.”

Confira as capas que foram divulgadas até o momento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por: Israel Pinho e Pedro Furtado.