Falando sobre Demolidor – 3ª Temporada

Se você gosta de excesso de violência e sangue a terceira temporada de Demolidor foi feita exatamente para você. O terceiro ano da série foi disponibilizado na última sexta-feira (19/10) e trouxe uma trama impecável e sensacional e não só violência gratuita. Para começar, um ponto positivo nessa temporada é o fato que ela ignora totalmente as outras (e vergonhosas) produções da Marvel em parceria com a Netflix. Para entender a trama dessa temporada só é preciso ter assistido aos dois anos anteriores e o final de Os Defensores (pode ser só os 10 últimos minutos).

A terceira temporada começa logo após o fim de Os Defensores em que Matt Murdock (Charlie Cox) “supostamente” morre após um prédio desabar em cima dele. O primeiro episódio começa com Matt sendo resgatado por um grupo de freiras, que o ajudam, já que está totalmente debilitado. Temos aqui aquele velho clichê em que o herói quer deixar o manto de lado e um personagem secundário chega do nada dando um discurso motivacional, essa personagem é a irmã Maggie (Joanne Whalley) que tem grande importância no decorrer da temporada. Super debilitado, Matt percebe que seus ‘’poderes’’ não funcionam mais, perdendo a audição de um dos ouvidos e o olfato e é ai que a terceira temporada realmente começa. Com uma temporada mais pé no chão a Netflix consegue satisfazer o espectador nesse terceiro ano, mesmo com episódios muito longos e com algumas enrolações aqui e outras ali, a terceira temporada consegue mostrar que é possível sim fazer uma série decente de herói (algo difícil hoje em dia) com uma trama totalmente original pegando emprestadas algumas características das HQ’s.

daredevil

Com atuações muito boas a série consegue mais uma vez tirar aquele tom humorado da Marvel, vemos uma temporada totalmente séria e sem tempo para piadinhas desnecessárias. O desenvolvimento da trama e dos personagens é algo lindo de se assistir, principalmente de Wilson Fisk (Vincent D’Onofrio) e Dex (Wilson Bethel) que são personagens de extrema importância.

A religião e a crença de Matt tem grande influência no decorrer dessa temporada, o vemos se questionando a palavra de Deus e o que ele tem feito por Hell’s Kitchen até o momento.

Como todo tipo de produção, a terceira temporada também tem lá seus pontos negativos como cenas e diálogos desnecessários que são usados somente pra preencher o episódio, um exemplo é a enrolação do relacionamento de Fisk com o FBI.
Não podemos falar de Demolidor sem citar a famosa cena do corredor que nesse ano seria digna de um Oscar possuindo um plano-sequencial de aproximadamente onze minutos. A cena agora possui diálogos e mostra a tentativa de fuga de Matt, além de muita pancadaria, a cena possui uma absurda quantidade de sangue, ou seja, da pra ver que é brutalidade total.

daredevil 7

Temos um final digno para essa temporada em que vemos um combate confuso entre Matt, Dex e Fisk. Aliás, essa cena é maravilhosa e muito bem desenvolvida.
É de se esperar que a Netflix renove a série para mais um ano, até porque deixou uma ponta solta com a cena final.

daredevil 5

A terceira temporada de Demolidor contém 13 novos episódios e já está disponível na Netflix.

Por: Gustavo Gusmao

daredevil 4.png